Inserido no Projeto “Argos – Nós e os Outros”, coordenado pelos professores Lara Macedo, Palmira Oliveira e Vítor João Oliveira, os alunos do 11º ano do ensino regular da Escola Secundária Adolfo Portela, de A a Z, levaram à cena, no Cine Teatro S. Pedro, no dia 04 de junho, pelas 21,30 horas, a peça “O Julgamento de Deus”.

A este propósito ouvimos o professor Vítor Oliveira: “Em tempos cada vez mais estranhos e sombrios, esta peça convoca-nos para olhar outra vez para aquilo que se pensa ser óbvio, mas não é. Com efeito, vivemos ameaças crescentes de ‘ismos’ cada vez mais imprevisíveis e irracionais, em que o sentimento do que é verdadeiro substitui a necessidade da prova racional do que é ou do que deve ser. E é por isso que, num século XXI ainda adolescente, tivemos a oportunidade de ver os alunos do 11º ano do ensino regular da ESAP vestir a pele o pijama listado de quem sofreu horrores incomensuráveis e gratuitos em Auschwitz, e pediu auxílio a um Deus que continuou a não responder, que permaneceu ausente”, referiu.

Para além disso, “esta ousadia pode parecer inusitada a alguns ou até a muitos. Mas não é porque urge questionar as coisas em que acreditamos, que aceitamos como verdadeiras apenas porque sim. Só para que o futuro possa vir a ser um lugar melhor. Também para que saibamos quem somos. Para percebermos, como diz o poeta, que coisa oculta em nós mora”, concluiu.

Go to top