De 25 de fevereiro a 1 de março, decorreu, na Escola Secundária Adolfo Portela, a «Semana da Europa», uma iniciativa que teve como objetivos levar os alunos a refletir sobre a Europa e sobre o Projeto Europeu e a sensibilizar os alunos, principalmente os que votarão pela primeira vez este ano, para a importância da sua participação, enquanto cidadãos europeus.

Assim, este evento contou com a participação de diversas figuras importantes da política, num ciclo de conferências que ocorreu ao longo da semana, no qual se discutiram diversos assuntos sobre o presente e futuro da Europa.

Deste modo, de entre as personalidades convidadas, destaca-se o deputado Miguel Morgado, que, na terça-feira, refletiu sobre “os jovens e o futuro da Europa”, abordando temas como o populismo e as “fake news”, afirmando que se trata de “tretas” da “propaganda oficial de Bruxelas” para impedir discutir o que é necessário.

Por sua vez, o ex-ministro e deputado Pedro Mota Soares refletiu, entre outros assuntos, sobre a importância de um maior investimento no futuro e sobre a necessidade de “perceber, no mundo que aí vem, que tipo de capacidade é que a Europa tem de reagir ao mundo moderno”.

Na sexta-feira, a deputada no Parlamento Europeu, Marisa Matias, realizou uma conferência que teve como mote o título “Refugiados da Europa: Solidariedade versus medo”, na qual refletiu sobre a grande crise que a Europa enfrenta, afirmando que “perdemos a capacidade de empatia com estes povos” (Sírios) e, por isso, “somos cúmplices da tragédia que está a acontecer”, acrescentando, ainda, que “todos os dias acontece um genocídio no território europeu”. Para finalizar, a deputada teceu um breve comentário sobre a crescente ocorrência de atos de violência doméstica e no namoro, apelando aos jovens para não silenciarem estas situações.

Durante a «Semana da Europa, foram, ainda, dinamizadas outras atividades na comunidade escolar, tais como a existência de um dia dedicado a cada um dos países cuja língua é estudada na escola, com almoços típicos no refeitório escolar; músicas, interpretadas por professores e alunos, em cada uma dessas línguas; e uma exposição de cartazes subordinada ao tema “Por onde te levam os teus pés”, que resultou da participação de várias escolas europeias, entre a as quais a Adolfo Portela, no âmbito do projeto “eTwinning”.

Go to top