Está patente, no polivalente da Escola Secundária Adolfo Portela, uma exposição de trabalhos, realizados no âmbito da disciplina de Educação Visual, subordinada ao tema “Bag Design”.

Os trabalhos, realizados pelos alunos do oitavo ano de escolaridade, têm como objetivo geral “reconhecer signos visuais, o poder das imagens e a imagem publicitária” e, como objetivos específicos, “identificar signos da comunicação visual quotidiana”, “demonstrar o poder das imagens que induzem a raciocínios de interpretação” e “ interpretar a importância da imagem publicitária no quotidiano”.

A exposição está patente na semana de 6 a 10 de fevereiro e proporciona-nos o contacto com um vasto leque de sacos criativos em torno do poder da imagem.

Mais de cem alunos do oitavo ano de escolaridade da Escola Secundária Adolfo Portela receberam os tablets, no dia 31 de janeiro, no âmbito do projeto da Câmara Municipal «Águeda Educação+».

Numa sessão que contou com a presença da vereadora da Educação, Elsa Corga, de um dos representantes do consórcio do projeto, Luís Duarte (Globaltronic), do diretor da ESAP, Henrique Coelho, dos diretores das turmas envolvidas e de outros professores, os pais e encarregados de educação dos alunos abrangidos ficaram a conhecer melhor o projeto e esclareceram dúvidas relacionadas com o uso dos tablets e com as responsabilidades inerentes à sua utilização.

Este projeto inicia-se, na ESAP, com os alunos das turmas do oitavo ano de escolaridade, envolvendo catorze docentes, os quais estão a receber formação que lhes possibilitará a concretização do “Águeda Educação+”.

No dia 22 de novembro, os alunos do Curso Profissional Técnico de Multimédia (11º e 12º G) realizaram, com o objetivo específico de contactarem com a “linguagem” de um espaço de produção gráfica, uma Visita de Estudo à Litoprint – Artes Gráficas, Ldª, sedeada no Vale do Grou, Aguada de Cima. A atividade integra o Plano de Atividades da biblioteca, no domínio do “Currículo, literacias e aprendizagem”.

O interesse e o comportamento demonstrados pelos alunos foram exemplares e, estamos certos, de que os mesmos tirarão os respetivos ensinamentos da referida visita. A arte de bem receber por parte da empresa, traduzida na amabilidade, simpatia, delicadeza e eficiência demonstradas, criaram um grão de satisfação máximo nos visitantes. Os alunos fizeram-se acompanhar pelas professoras Lúcia Gouveia, Cristina Direito e Helena Pires.

Nestas andanças do «Chá e das Letras» continuámos, na sexta, 27 de janeiro, a cimentar, à volta da leitura, da expressão corporal e musical, da alegria e da boa disposição, um caminho intergeracional que nos aconchega, porque pleno de valores e de ‘quereres’ que nos enchem a alma.

E porque aquela menina, tão pequenina, quer ser bailarina e nós com ela … o próximo encontro é, já, a 24 de fevereiro.

Até lá.

E foi mais um momento de festa, neste dia 25 de novembro, na nossa biblioteca. Momento de muito e boa música e boa disposição mas, também, de leitura, muita leitura isto porque, levámos a cabo a primeira fase do Concurso Intermunicipal de Leitura (CIL), através de uma prova de leitura oral, individual, de acordo com o Regulamento. Os alunos a concurso eram onze, dez do 3º Ciclo e um do Secundário. Transitaram à 2ª fase, os alunos Carina Abrantes, do 8º A; Miguel Alexandre Leal, do 7º C; Raúl Oliveira, do 11º A e Susana Botelho, do 8º C. Estão todos de parabéns porque saímos todos, sempre, a ganhar, pelo enriquecimento cultural e social que as “leituras” do Chá com Letras proporcionam e continuarão a proporcionar.

O próximo encontro fica agendado para 28 de janeiro do novo ano. A biblioteca e o Chá com Letras desejam a todos as maiores felicidades. Até lá.

 

Go to top