moodle Office 365 GIAE youtube facebook 20 aula digital escola virtual

No âmbito de uma atividade da nossa biblioteca e subjacente à evocação do centenário do Combate das Barreiras que acontecerá em 27 de janeiro de 2019, nós, alunos do 7º E, juntamente com a nossa professora de História e professora bibliotecária Helena Pires, fomos visitar o memorial evocativo do acontecimento acima referido que opôs monárquicos e republicanos localizado mesmo ao lado da nossa Escola, junto ao Centro de Saúde, com o objetivo de aprofundarmos conhecimentos acerca desse contexto da história nacional e de Águeda. Essa saída surgiu, também, na sequência de já termos produzido um poema coletivo, alusivo ao assunto e que virá a integrar um postal, ilustrado pelos alunos de artes do Agrupamento de Escolas de Águeda Sul, com sede na Escola Marques Castilho. Este é um trabalho colaborativo entre as bibliotecas das duas Escolas e a Anata (Associação dos Naturais e Amigos de Águeda).

Mais uma vez, o Chá com Letras criou expetativas que mobilizaram. Como habitualmente, num encontro intergeracional e de descoberta, a leitura, a música, o canto, o carinho e a amizade saíram dignificadas.

E porque destes encontros se vai fazendo, também, a nossa existência, o próximo está agendado para o dia 23 de novembro, com início pelas 21h, na nossa biblioteca e enquadrará a 1ª fase do Concurso Intermunicipal de Leitura (CIL). Até lá.



 

 

Num momento emocionante e fazendo jus à prática que vem já da 1ª edição, os alunos que integram a 1ª fase do Concurso Intermunicipal de Leitura (CIL) receberam, a 17 de outubro, das mãos do senhor diretor e a título de oferta, o exemplar do livro selecionado para o 3ª Ciclo, intitulado “O homem que plantava árvores”, de Jean Giono.

A prova oral do concurso, na nossa Escola, está agendada para o dia 23 de novembro, no contexto do Chá com Letras. Até lá.



 

 

A Escola Secundária Adolfo Portela foi galardoada, pelo décimo ano consecutivo, com a bandeira verde do Concurso Eco-Escolas 2018, pelas suas boas práticas ambientais, no 04 de outubro, numa cerimónia a nível nacional que decorreu em Pombal.

A ESAP continuou a associar-se a esta iniciativa dinamizando um conjunto de atividades que envolveram a comunidade escolar, com destaque para aqueles que mais de perto participam nas atividades promovidas pelo projeto Eco-Escolas.

O Eco-Escolas é um programa internacional que pretende encorajar ações e reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido pela escola, no âmbito da Educação Ambiental. Fornece fundamentalmente metodologia, formação, materiais pedagógicos, apoio e enquadramento ao trabalho desenvolvido pela escola.



 

 

Decorreu, na Escola Adolfo Portela, uma palestra para alunos do 12º A, B e C, no dia 2 de outubro, proferida por Ana Isabel Teixeira Dias, com Mestrado Integrado em Psicologia e especialização em Psicologia das Organizações e do Trabalho. Esta palestra foi subordinada ao tema “Como é que a Psicologia mudou a minha vida – a importância dos comportamentos”.

Esta atividade teve como objetivos dinamizar aprendizagens promovendo a interação entre a escola e a realidade; contribuir para uma atitude pró-ativa dos alunos na escola e na vida; consciencializar para a necessidade de uma atitude empreendedora na formação pessoal e profissional; alertar para a exigência no mundo do trabalho (escolar e profissional).



 

 

Go to top