moodle  Office 365  GIAE  youtube  youtube  youtube  facebook  instagram  20 aula digital  escola virtual

Depois de mais de um ano sem poder usufruir de uma visita de estudo, foi no dia 25 de maio que partimos de Águeda rumo ao Douro, para visitar a Fundação Eça de Queiroz, em Tormes, e fazer um passeio no rio, entre o Pinhão e a Régua.

O local da Fundação é o oásis que, na obra A Cidade e as Serras, permitiu comparar a vida tranquila dum pequeno lugarejo com a vida agitada de Paris.

Nesta visita, ficámos a conhecer a vida de Eça, incluindo como veio parar à Casa de Tormes, bem como esta passou a ser património cultural, perpetuando a memória deste autor realista. Criada pelos seus descendentes, a Fundação, na pessoa de uma das suas cicerones, proporcionou-nos, indubitavelmente, uma experiência bastante enriquecedora, que nos fez “aproximar” de um ícone que tanto marcou a literatura portuguesa, e ofereceu-nos, ainda, a contextualização necessária para iniciar outra tão conhecida obra deste célebre autor, Os Maias.

Antes de fazer o percurso Pinhão-Régua, que nos deliciou com paisagens deslumbrantes, degustámos um belo repasto, que, para quem quis, incluiu arroz de favas, uma iguaria saboreada pelo Jacinto da Cidade e as Serras.

E que bem que soube esta experiência!

Marta Marvão 11ºD

Go to top