No passado dia 16 de outubro, os elementos do Clube de Programação da ESAP participaram no evento CodeWeek@Águeda, dinamizado na Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda (ESTGA).

Este evento é uma iniciativa anual apoiada pela Comissão Europeia que visa divulgar as temáticas da programação e da literacia digital junto dos cidadãos de forma criativa e apelativa.

Estes alunos, sob a orientação de Docentes da ESTGA, tiveram a oportunidade de se envolver em pequenos desafios lógicos e realizar atividades de programação com recurso às mais recentes e inovadoras plataformas de aprendizagem. Estão, por isso, de parabéns.

No dia 14 de outubro de 2019, foi apresentado o Relatório CAF (Common Assessment Framework) de Autoavaliação da Escola Adolfo Portela por Hugo Caldeira, da empresa Another Step, no Auditório da Escola.

Para além da equipa de Autoavaliação, estiveram presentes os coordenadores de Área Disciplinar; a presidente da Associação de Pais e Encarregados de Educação (APEDESAP), Marlene Melo; a vereadora da Educação da Câmara Municipal de Águeda, Elsa Corga; o diretor, Henrique Coelho; e a presidente do Conselho Geral, Maria Gabriel Abrantes.

A CAF é um modelo europeu de avaliação da qualidade, adaptado ao contexto do setor público, e que pode ser usado como ferramenta para autoavaliação organizacional.

A Rede de Bibliotecas de Águeda promoveu, nos dias 8 e 9 de outubro, no Forum da Juventude de Águeda, um ‘workshop’ de preparação para execução do projeto “Loja flash de vender poetas”. Estiveram envolvidos alunos do 2º e 3º ciclos, bem como do Secundário, representativos de todas as escolas do Concelho de Águeda. A nossa Escola esteve representada pela Ana Neves e pelo Paulo Lemos, do 12ºD. O projeto tem, como autora, a atriz Adriana Campos a partir da obra “Vamos comprar um poeta”, de Afonso Cruz.

No dia 10, a loja abriu ao público e vendeu poetas aos alunos de diversas turmas. O 7ºA foi à loja e comprou poetas em nome de toda a ESAP.  E foi mais Inclusão.

 

No âmbito da componente curricular de Cidadania e Desenvolvimento, no sentido de trabalhar os domínios “Instituições e Participação Democrática” e os “Media” os alunos do 8.º ano realizaram uma sondagem eleitoral em que se pretendeu aferir as intenções de voto dos seus familiares e amigos maiores de 18 anos, para as eleições legislativas do dia 6 de outubro.

Em linha com pressupostos da Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania, esta atividade promoveu a participação ativa dos alunos, o desenvolvimento de competências pessoais e sociais, bem como o trabalho em parceria com as famílias e as comunidades.

O Concurso Intermunicipal de Leitura (CIL) envolve três fases: a nível de Escola; concelhia e distrital.

A 1ª fase será realizada na nossa Escola, no contexto da atividade “Chá com Letras”, estando agendada para o dia 22 de novembro, com início pelas 21 horas, na referida biblioteca. O concurso consta de uma prova de leitura oral, individual, obrigatória, avaliada por um júri constituído para o efeito. Paralelamente, haverá momentos de caráter cultural a enriquecer esta Festa de Leitura.

Os livros adotados são:
3º Ciclo: “Histórias da terra e do mar” – Sophia de Mello Breyner
Secundário: “Os da minha rua” – Ondjaki

Os alunos interessados em participar, devem contactar a professora bibliotecária até ao dia 10 de outubro, impreterivelmente.

Go to top