“Leitura vai, leitura vem” aconteceu neste dia radioso de sol, em tempo de verão antecipado. Tornada, já, uma boa prática, a atividade insere-se no âmbito do trabalho colaborativo das bibliotecas escolares do concelho de Águeda. Neste contexto, os alunos do 8º ano da Escola Fernando Caldeira (sede do Agrupamento de Escolas de Águeda) e os do 8º C, da ESAP, cruzaram experiências culturais que passaram pela leitura e pela dança, pelo canto e pela música; intercalando textos de autores consagrados e produções originais, alunos e professoras de português mostraram pertinência na reflexão de alguns assuntos, nomeadamente no da imigração, tendo enriquecido a promoção da criação literária e da leitura.

Parabéns a todos e um agradecimento muito especial à nossa convidada, Sofia Lopes, do 9º C que, mais uma vez, executando ao piano o tema “Eu sei”, de Sara Tavares, cantou e encantou.
A todos os desejos de umas ótimas e merecidas férias.

Inserido no Projeto “Argos – Nós e os Outros”, coordenado pelos professores Lara Macedo, Palmira Oliveira e Vítor João Oliveira, os alunos do 11º ano do ensino regular da Escola Secundária Adolfo Portela, de A a Z, levaram à cena, no Cine Teatro S. Pedro, no dia 04 de junho, pelas 21,30 horas, a peça “O Julgamento de Deus”.

A este propósito ouvimos o professor Vítor Oliveira: “Em tempos cada vez mais estranhos e sombrios, esta peça convoca-nos para olhar outra vez para aquilo que se pensa ser óbvio, mas não é. Com efeito, vivemos ameaças crescentes de ‘ismos’ cada vez mais imprevisíveis e irracionais, em que o sentimento do que é verdadeiro substitui a necessidade da prova racional do que é ou do que deve ser. E é por isso que, num século XXI ainda adolescente, tivemos a oportunidade de ver os alunos do 11º ano do ensino regular da ESAP vestir a pele o pijama listado de quem sofreu horrores incomensuráveis e gratuitos em Auschwitz, e pediu auxílio a um Deus que continuou a não responder, que permaneceu ausente”, referiu.

No seguimento do procedimento concursal para o cargo de diretor divulga-se a lista de candidatos admitidos. (31/5/2017)

---

Nos termos do disposto nos artigos 21.º e 22.º do Decreto--Lei n.º 75 /2008, de 22 de abril, na redação que lhe foi conferida pelo Decreto -Lei n.º 137/2012 de 2 de julho, torna -se público que se encontra aberto o concurso para provimento do lugar de diretor da Escola Secundária Adolfo Portela, em Águeda.

Documentos referentes ao procedimento concursal:

Aviso n.º 4961/2017 - Abertura de procedimento concursal

Regulamento do procedimento concursal

Formulário de requerimento de candidatura

 

Decorreu na Universidade de Aveiro, nos dias 9 e 10 de maio, mais uma competição nacional de Matemática para alunos do 3º ciclo do Ensino Básico (EquaMat) e do Ensino Secundário (Mat12), respetivamente.

Associar os conteúdos lecionados na sala de aula ao jogo e ao desafio permitiu que os alunos testassem os seus conhecimentos de uma forma lúdica, atrativa e apelativa, criando ainda mais gosto e entusiasmo pela disciplina de Matemática.
A nossa Escola participou com cinco equipas, num total de 10 alunos, na competição EquaMat, e com treze equipas, num total de 26 alunos, na competição Mat12.

Com a delicadeza e a mestria do Saber e Querer Fazer e do Saber e Querer Estar habituais, cantaram-se e dançaram-se Letras, em mais um encontro, neste dia 26 de maio.

A todos a gratidão da nossa biblioteca e da nossa Escola, pela seriedade descontraída destes momentos, tão ricos de afetos e de cultura.

Assim sendo, o Chá com Letras despede-se num até sempre e, mais de perto, até ao próximo ano letivo. Até lá.

Go to top