No dia 22 de novembro, os alunos do Curso Profissional Técnico de Multimédia (11º e 12º G) realizaram, com o objetivo específico de contactarem com a “linguagem” de um espaço de produção gráfica, uma Visita de Estudo à Litoprint – Artes Gráficas, Ldª, sedeada no Vale do Grou, Aguada de Cima. A atividade integra o Plano de Atividades da biblioteca, no domínio do “Currículo, literacias e aprendizagem”.

O interesse e o comportamento demonstrados pelos alunos foram exemplares e, estamos certos, de que os mesmos tirarão os respetivos ensinamentos da referida visita. A arte de bem receber por parte da empresa, traduzida na amabilidade, simpatia, delicadeza e eficiência demonstradas, criaram um grão de satisfação máximo nos visitantes. Os alunos fizeram-se acompanhar pelas professoras Lúcia Gouveia, Cristina Direito e Helena Pires.

Nestas andanças do «Chá e das Letras» continuámos, na sexta, 27 de janeiro, a cimentar, à volta da leitura, da expressão corporal e musical, da alegria e da boa disposição, um caminho intergeracional que nos aconchega, porque pleno de valores e de ‘quereres’ que nos enchem a alma.

E porque aquela menina, tão pequenina, quer ser bailarina e nós com ela … o próximo encontro é, já, a 24 de fevereiro.

Até lá.

E foi mais um momento de festa, neste dia 25 de novembro, na nossa biblioteca. Momento de muito e boa música e boa disposição mas, também, de leitura, muita leitura isto porque, levámos a cabo a primeira fase do Concurso Intermunicipal de Leitura (CIL), através de uma prova de leitura oral, individual, de acordo com o Regulamento. Os alunos a concurso eram onze, dez do 3º Ciclo e um do Secundário. Transitaram à 2ª fase, os alunos Carina Abrantes, do 8º A; Miguel Alexandre Leal, do 7º C; Raúl Oliveira, do 11º A e Susana Botelho, do 8º C. Estão todos de parabéns porque saímos todos, sempre, a ganhar, pelo enriquecimento cultural e social que as “leituras” do Chá com Letras proporcionam e continuarão a proporcionar.

O próximo encontro fica agendado para 28 de janeiro do novo ano. A biblioteca e o Chá com Letras desejam a todos as maiores felicidades. Até lá.

 

Prometia chover mas a chuva quedou-se, aí pelas nove, porque era dia de chá, de Chá com Letras e os muitos amigos iam chegando e enchendo de sorrisos, de boa disposição e de calor humano, mais uma vez, a nossa biblioteca.

E os tantos pequenos/grandes leitores deram em se organizar surpreendendo, de forma maravilhosa, a autora Maria Helena Pires com a leitura, exclusiva, de poemas de sua autoria. Quanta ternura. E porque assim estava determinado, a referida autora não se fez esperar e apresentou um novo projeto poético infantil intitulado “atejaefiquembem@” – Livro 1 - com texto de sua autoria e com o inconfundível e não menos criativo traço do arquiteto e ilustrador César Pereira.

“Aqui aprendo a crescer
A viver… a sonhar
Aqui aprendo a ser
A criar laços… a voar
Aqui…
Fui nascente
Fiz-me rio
Serei mar…”

Com estas palavras, pintadas no painel de azulejos colocado junto à entrada principal da nossa escola, a turma G do 9º ano, do ano letivo de 1996/97, definiu a ESAP, de forma magistral. Afinal, a Escola, para além de ministrar conhecimentos e de os avaliar, é também espaço de formação para a vida, para a cidadania.

A nossa Escola, com o nome de Secundária nº 1 de Águeda, ‘nasceu’ a 11 de Novembro de 1981, com o objetivo de “fortalecer o ensino escolar e dar melhores condições a uma população estudantil que está a necessitar de mais um estabelecimento escolar” numa época em que, regra geral, as escolas estavam muito para além da sua lotação máxima.

Mais tarde, por portaria de 2 de Abril de 1987, foi ratificada a sua nova identidade como Escola Secundária Adolfo Portela.

Ao comemorar o 35º aniversário, a ESAP conta com 942 alunos, do sétimo ao décimo segundo ano de escolaridade, 36 assistentes operacionais /administrativos, 1 psicólogo e 89 docentes.

Parabéns à Escola Secundária Adolfo Portela e a todos os que nela estudaram ou estudam, trabalharam ou trabalham… Que ela possa continuar a ser um espaço de crescimento e de Sonho, numa fase tão importante da vida dos nossos alunos.

 

Go to top